Síndrome de Burnout

rtemagicc_sindrome_de_burnout_emprego-jpg

  • O burnout (síndrome de esgotamento profissional) é hoje um dos principais desafios para os sistemas de saúde de todo o mundo em relação à saúde do trabalhador, e vêm sendo discutido em fóruns internacionais de saúde pública, com apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS). Calcula-se que aproximadamente 25% dos trabalhadores da saúde sofram de burnout, gerando consequências danosas a profissionais, pacientes e sistemas de saúde, como diminuição de qualidade de vida associada ao trabalho, absenteísmo, perda de produtividade e piores resultados clínicos.
  • Recentemente, um grupo de pesquisadores espanhóis, liderados por Javier García-Campayo, criou uma nova abordagem metodológica para o fenômeno do burnout, redefinindo a síndrome em termos de subtipos clínicos (MONTERO-MARÍN e GARCÍA-CAMPAYO, 2010), o que permite investigar e promover ações preventivas e terapêuticas mais adequadas e específicas, conforme as distintas respostas dos trabalhadores ao fenômeno.
  • Os programas de autocuidado baseados em mindfulness (atenção plena), aplicados de maneira presencial ou à distância (on-line), têm apresentado resultados promissores e custo-efetivos na melhora da auto eficácia em saúde, incluindo a redução de sintomas de ansiedade, depressão e burnout. Uma pesquisa piloto em população brasileira, conduzida por nosso grupo de pesquisa, confirmou a viabilidade e a potencial efetividade de um programa de autocuidado baseado em mindfulness na melhora da qualidade de vida e da percepção de estresse em indivíduos hígidos, indicando um potente efeito de promoção da saúde entre nossa população (DEMARZO et al., 2013).

medica

Referências:

Para saber mais sobre a Síndrome de Burnout:

https://relatosdoburnout.wordpress.com/category/burnout-sintomas/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s